sexta-feira, 4 de julho de 2008

Projeto: O mundo Árabe: Histórias, culturas e arabescos

A LÂMPADA MARAVILHOSA DO ALLADIN É UM LINDO PORTA INCENSO, MAS A CRIANÇADA É DOIDA PRA ESFREGÁ-LA



PROJETO

Pessoal, esse Projeto é da Revista Nova Escola, é muito bacana. Depois de ler as obras, conhecer os contos de As Mil e Uma Noites, vamos aplicar de forma mais efetiva, levando aos alunos esse mundo de magia e boa literatura.
No site, a indicação do projeto é para turmas de 4 e 5 anos, mas acredito que poderá ser aplicado a qualquer série do ensino fundamental também, é só o professor adaptar as etapas de acordo com a realidade da sua turma.

O mundo árabe: histórias, cultura e arabescos
Objetivos
- Pesquisar a cultura árabe para confrontá-la com a atual.
- Pesquisar e conhecer as principais características da cultura árabe (arquitetura, moradia, vestuário, culinária, tradições e costumes, diferentes pessoas da sociedade).
- Pesquisar e conhecer a vida no deserto (animais, vegetação, habitat, beduínos).
- Conhecer a influência dessa cultura em nosso país.
- Ampliar o repertório de outros hábitos e costumes para enriquecer as brincadeiras de faz-de-conta, fundamentais nesta faixa etária.
- Enriquecer o ambiente lúdico e as brincadeiras, aproveitando as informações estudadas sobre o povo árabe.
Conteúdos- Cultura árabe.
- Procedimentos de pesquisa – coletar informações em diferentes fontes de pesquisa (livros, vídeos, postais, obras de arte, jornais, revistas).
- Produzir textos informativos com a professora sendo a escriba.
- Organizar e registrar informações através de desenhos e pequenos textos de escrita espontânea.
Ano
4 e 5 anos
Tempo previsto
6 meses

Materiais necessários
- Desenhos e filmes que retratem a vida do povo árabe: Aladim, As Mil e uma Noites, Ali Babá e os quarenta ladrões
- Vídeos informativos
- Mapa Mundi
- Almanaques, livros, revistas, lendas, contos, obras de arte, revistas de turismo
- Músicas árabes
- Pedaços de tecido para confecção de figurinos

Desenvolvimento das atividades
1. Leia a história ou assista o desenho “Aladim e a lâmpada maravilhosa”.

2. Faça um levantamento do que as crianças já sabem sobre este povo: por que as pessoas se vestem assim? Será que essas pessoas só aparecem na história ou será que há pessoas assim em algum lugar do mundo? Em qual país será que esta história foi escrita? Será que os hábitos, os costumes, a cultura e a alimentação são iguais aos nossos?

3. Solicite às crianças que tragam materiais de pesquisa para descobrir informações sobre o povo árabe.

4. Proponha ao grupo a produção de um almanaque da cultura árabe – traga para a classe outros almanaques e explore com as crianças algumas características desse portador.

5. Para isso, combine com as crianças que, ao longo do projeto, vocês farão uma lista de palavras características dessa cultura para, então, produzir os textos, desenhos, fotos, imagens, produções artísticas, adivinhas ou legendas que irão compor o almanaque.

6. Algumas sugestões: países do Oriente Médio (Iraque, Jordânia, Líbia, Egito, Turquia, Síria), culinária (quibe, coalhada, esfiha, tabule), instrumentos musicais (dombak, alude, tabla, nay – espécie de flauta), dança (dança do ventre, dabke – dança coletiva – dança da espada, dança do véu, dança do bastão, dança da vela, dança do chamadan), pessoas (odalisca, sultão, beduíno, gênios), entre outros aspectos.

7. Ao longo do projeto, proponha registros das descobertas mais significativas para o grupo - propor e orientar que as crianças confeccionem pequenos cartazes, legendas de imagens, desenhos, fotografias das brincadeiras, produção de textos informativos com a professora sendo a escriba das principais descobertas.

8. Leia o livro “1001 Noites à luz do dia”, de Kátia Canton. Pergunte se alguém já conhecia Sherazade.

9. Explore, ao longo do projeto, diversos aspectos das histórias relatadas por Sherazade (famosa contadora de histórias): arquitetura das construções, moradia, diferentes “personagens” – sultões, odaliscas, beduínos, gênios –, a vida em família, vestuário, alimentação, músicas, dança, cultura, meios de transporte, a arte dos arabescos que enfeitavam os palácios.

10. Complemente as pesquisas e informações estimulando ao máximo a leitura de imagens, textos informativos, literários, filmes e outras fontes de informação.

11. Estimule a apreciação de algumas obras de pintores que pintaram esses povos e essa cultura: Paul Klee e Matisse, por exemplo.

12. A partir das imagens confeccionar trajes característicos dos povos árabes para enriquecer as brincadeiras de faz-de-conta.

13. Inspirados nas imagens do livro de Kátia Canton proponha a confecção de arabescos para a criação do ambiente lúdico e também para a ilustração do almanaque.

14. Ouça em sala músicas árabes e, a partir de uma entrevista e apresentação com uma dançarina estimule o contato com uma dança típica – se possível a “dança do ventre”.

15. A partir da observação do repertório de imagens, construa com as crianças um ambiente lúdico: confeccione bordas nas janelas, portas, trono do sultão, cantos de histórias da Sherazade com tapetes, almofadões, tenda árabe confeccionada com tule.

16. Leia diferentes histórias e contos árabes, explore a literatura destes países e suas influências em nossa cultura.

17. Explore a culinária árabe e faça receitas para serem degustadas (e servidas no banquete – no final do projeto).

18. Organização do almanaque: coletânea das produções realizadas ao longo do projeto, organização, paginação e sumário.

Produto final
Instalação árabe representando toda a cultura árabe para lançamento do almanaque ilustrado com definições de objetos, instrumentos musicais, nome de alguns alimentos, “personagens” da cultura árabe, entre outros aspectos que você e seus alunos considerarem relevantes.

AvaliaçãoAo final do projeto espera-se que a criança seja capaz de:
- Compartilhar com os colegas as idéias que já têm sobre o assunto, advindas das histórias que já conhecem e dos conhecimentos de cada um.
- Buscar, relacionar, valorizar e saber fazer uso das diferentes fontes de pesquisa e informações utilizadas ao longo do projeto.
- Realizar pesquisas apoiadas em leituras de imagens e/ou textos informativos lidos pelo educador.
- Recontar, resumir e explicar o que foi aprendido a partir das leituras em roda.
- Registrar suas descobertas a partir de desenhos e pequenas escritas.
- Fazer uso da oralidade para explicar o que aprendeu.
- Fazer uso de todos os conhecimentos aprendidos e enriquecer as brincadeiras de faz-de-conta.

Quer saber mais?
Bibliografia
:

Para ler para as crianças
- 1001 Noites à luz do dia: Sherazade conta histórias árabes – Kátia Canton – Difusão Cultural do Livro
- Lá vem história – Heloísa Prieto – Cia. das Letrinhas
- Lá vem história outra vez – Heloísa Prieto – Cia. das Letrinhas
- Aladim e a lâmpada maravilhosa
- Ali Babá e os quarenta ladrões
- Simbad, o marujo
- As botas de Karam
- O pescador e o Djim

Para pesquisar
-“Está no almanque”, por Karina Cabral in Revista Avisa lá 29 – janeiro/2007 – páginas 11 a 22.
- Almanaque Abril, Ed. Abril – À venda pelo site www.abril.com.br
- Almanaque Ruth Rocha, Ruth Rocha. Editora Ática.

Sites
www.almanaquebrasil.com.br
www.almanaque.folha.uol.br
www.almanaque.blog-se.com.br

www.uol.com.br/ruthrocha

7 comentários:

Claudineia Gimenes disse...

olá Amiga!!

Passando p/ fazer uma visitinha e pedir p/ q passe lá no meu blog, pois tem um carinho especial para voce !!bjus

ARTEROSANE disse...

Nossa que mágico!!
Adorei!!!

Rose Diniz® disse...

Passei pra fazer uma visitinha e dizer que estou com muitas saudades. Meu tempo tá corrido pois estou montando uma EBF lá pra minha igreja. Nossa, tá uma correria só, mas graças a Deus está tudo caminhando. Tenha um excelente fim de semana repleto das bênçãos do Senhor nosso Deus. Beijos docinhos da Tia Rose®

Drica disse...

Olá Deise!!!
Deixei um selinho e desafio para você...vao lá buscar!
Bjs
Drica

Tami disse...

Achei seu blog e gostei muito!!
Parabéns e bjos!!

nik disse...

CARA MUITO SHOW!
ADOREI CONHECER ESSE TRABALHO PELA MINHA ESCOLA!

nik disse...

CARA ADOPREI ESSE TRABALHO!
"AINDA BEM QUE EU CONHECI ESSE TRABALHO PELA MINHA ESCOLA!"